Ações Evangelizadoras

Ações Evangelizadoras

O trabalho das Ações Evangelizadoras é constante e exige envolvimento em equipe. É como o vôo dos gansos em formação de V. À medida que cada ave bate suas asas, cria uma sustentação para a ave seguinte, fazendo com que o grupo voe mais longe do que cada ave isoladamente. Pessoas que compartilham um objetivo comum chegam ao seu destino mais depressa, porque se apóiam na confiança umas das outras. Quando um ganso se fere ou está doente, dois outros saem da formação e o seguem para ajudá-lo e protegê-lo. Precisamos ser solidários! Quando o ganso líder se cansa, vai para a parte traseira do V, enquanto outro ganso assume a ponta. O revezamento é necessário quando se tem uma tarefa árdua pela frente.  Durante o voo, os gansos de trás grasnam sem parar, encorajando os que estão na frente a manter o ritmo. Todos nós necessitamos ser reforçados com apoio ativo e encorajamento. Assim, como as ações de nossa paróquia.

A fé cristã é eclesial em sua realização histórica, isso é, sempre cremos pela mediação da Igreja. Nela e por ela o discípulo se torna sujeito do ato de fé (Cf. DGAE 2008-2010, nº 48).

Todos são agentes, aqueles que agem, da Ação Evangelizadora. Agem dentro e fora da Comunidade para fortalecê-la, a fim de que Ela conduza as ovelhas ao Bom Pastor. A ação evangelizadora da Comunidade deve ser ampla, diversificada, ramificada em vários setores: crianças, jovens, adultos, idosos, homens, mulheres, solteiros, casados, divorciados, brasileiros, estrangeiros etc. Contudo, esse universo de atividades não pode se perder; ele exige um ponto básico e fundamental: a FAMÍLIA. Ela é o eixo das atividades, pois todas elas têm alguma coisa a ver com a família.

Participe da missão da Igreja, engaje-se e colabore para que a Boa Nova seja levada a todos, de modo especial aos que ainda não encontraram o Cristo Senhor.

Comunicação

Objetivo:
Informar a comunidade sobre as ações da Bom Pastor, para uni-la em torno dos ideais da paróquia, transformando o jornal Caminho, o encarte Perseverança, o site e o facebook em ferramentas eficazes de comunicação na comunidade. Temos a missão de fazer a informação fluir em prol da comunidade.

Ajude-nos a ficar sempre atualizados, convergindo todas as informações de nossa Paróquia. Assim, todos poderão se colocar a serviço e participar de tudo o que podemos e queremos fazer como cristãos. Seja um ramo frutífero da Videira de Jesus Cristo!

Estratégia:
Fazer reportagens e divulgar informações sobre as várias ações da paróquia, dando rosto e nome aos que participam ativamente da comunidade, incentivando, assim, a participação de mais e mais fiéis nas Pastorais, em nosso boletim informativo e no site da Bom Pastor. Divulgar informações sobre a Bom Pastor no Verbo, jornal da Diocese de Jundiaí.

Dízimo

Objetivo:
Mediante suas contribuições materiais, os cristãos atestam também sua consciência de que são membros vivos do povo de Deus e co-responsáveis pela missão que Cristo confiou à sua igreja. Estas são verdades recentemente realçadas pelo Vaticano II, cf. Const. Lumen Gentium, c. 2, “Cada cristão, a seu modo, deve colaborar para o crescimento do Reino; ora, uma das formas de o fazer, é contribuir para o sustento material da igreja.” Ser dizimista é Contribuir para o crescimento do Reino de Deus.

ORAÇÃO DO DIZIMISTA

Senhor fazei com que eu seja um dizimista consciente.
Que cada dízimo que eu der, seja um verdadeiro agradecimento,
um ato de amor, o reconhecimento de sua bondade para comigo,
porque sei que tudo que tenho de bom vem de tí, :
paz, saúde, amor, prosperidade, bens, . . .
Peço a graça de ter sempre uma fé inquebrantável e ser fiel e justo.
Desenvolvei em mim um espírito comunitário para que eu possa
trabalhar no crescimento de minha comunidade.
Que eu seja responsável.
Que eu possa ajuda-la em suas necessidades e na propagação do evangelho.
Ajudai-me a dar com liberalidade e justiça.
Tirai todo o egoísmo do meu coração.
Que eu possa amar cada vez mais o meu irmão.
Quero ser um instrumento de paz e amor em tuas mãos.
Que o meu dízimo seja agradável a ti senhor.
Amém.

Estratégia:
Mensagens nas missas dos dizimistas, plantões nas missas, palestras. Enviar artigos para o Caminho. Fazer campanhas para novas inscrições e criar motriz de responsabilidades para os agentes, melhorando o banco de dados. Fazer campanhas de conscientização

Eventos

Promove e organiza os eventos festivos de nossa comunidade, como a festa junina e a Chave da Solidariedade.

Trabalho (Bazar)

A Pastoral do Trabalho na Paróquia Bom Pastor dedica-se a realizar diversas tarefas manuais e consertos em peças doadas, que possam ser revertidas à Comunidade. Esta Ação Evangelizadora realiza bazares ao longo do ano, com produtos a bons preços, visando principalmente atender famílias das regiões carentes do entorno da Paróquia.

Batismo

Objetivo:
Através de catequese sobre os Sacramentos, especialmente de Batismo, despertar para a riqueza da vida cristã nos batizados e ajudar pais e padrinhos a assumirem, com responsabilidade, seus compromissos na formação religiosa de seus filhos e afilhados.

Estratégia:
Realização de cursos/encontros mensais, com duração de uma tarde, utilizando recursos catequético-pedagógicos modernos e adequados; realização mensal de celebração do Batismo; realização de reuniões com a equipe responsável; participação da equipe em reuniões/encontros promovidos pela Diocese de Jundiaí sobre o tema.

Catequese Bom Pastor

Objetivo:
Catequizar crianças de 3 a 6 anos e de 6 a 9, antes do período próprio para a catequese tradicional de 1ª Comunhão. A catequese representa um modo simples e natural de conhecer e se relacionar com Jesus. O objetivo é promover o encontro pessoal da criança com a pessoa de Jesus, por meio do trabalho e da oração. Apresentamos o Kerigma – Cristo ressuscitou e está vivo entre nós - assim, o catequizando toma contato com a verdade mais profunda de nossa fé já nesta tenra idade. Na Catequese Bom Pastor, aprende-se a conviver com Jesus e os pais descobrem a alegria de uma nova fé, simples e natural, graças aos filhos.

Estratégia:
O ambiente é preparado e adequado justamente para estas faixas etárias. O anúncio de Jesus Cristo é realizado na Catequese Bom Pastor por meio de material lúdico, concreto e simples, fazendo a criança penetrar nas grandes e essenciais verdades da fé. Há maquetes que reproduzem o altar e modelos em miniatura de tudo o que há nele durante a missa. Os catequizandos são incentivados a desenhar o que entendem de cada mensagem. A criança experimenta, com oração e pequenos trabalhos, uma serenidade interior que lhe causa grande alegria. A alegria de saber que ela não está sozinha, Jesus Cristo está ao seu lado e a ama incondicionalmente. A Palavra de Deus, que revela seu amor por intermédio de Cristo, ecoa na criança de modo diferente do que no adulto, e a resposta é emocionante. As crianças que participam são capazes de fazer lindas orações espontâneas, coisa que os adultos muitas vezes têm tanta dificuldade. Os encontros acontecem uma vez por semana, com uma hora de duração. No decorrer deles, a criança exercita o silêncio, a liberdade de escolha, o controle de movimentos e a disciplina, com independência, mas de forma ordenada. A criança é uma pessoa com uma riqueza imensa, é o encontro de duas riquezas: homem e Deus.

Sementinha de Jesus

Objetivo:
Pré-catequese com crianças a partir dos 4 anos. Evangelizar crianças com temas relacionados à Liturgia, aproximando-as da Igreja e levando-as a conhecer Cristo.

Estratégia:
Oração, brincadeiras, dramatização, desenhos, maquetes, confecção de cartazes, leitura de histórias, filmes, músicas. O grupo está dividido em 4 equipes, que se revezam para realizar as atividades com as crianças no horário da missa (11h). Cada equipe é formada por 3 adultos e 1 adolescente. No segundo semestre, existe o apoio dos jovens crismandos (estagiários), que passam a compor as equipes e atuam com as crianças.

Primeira Eucaristia

Objetivo:
Preparar os catequizandos para uma vida cristã; envolver a família do catequizando na comunidade paroquial; desenvolver os valores cristãos; motivar os catequizandos para a perseverança.

Estratégia:
Por meio dos encontros, o catequizando é convidado a ouvir com atenção a Palavra de Deus que é proclamada. O catequizando vê os acontecimentos da vida, da família e da comunidade, iluminado pela Palavra em cada encontro. Realiza a experiência de ser iluminado pela Palavra de Deus e, em comunidade, promove situações cristãs através de gestos concretos. Além disso, com as visitas às famílias, no início de cada ano, a catequista conhece, informa, convida as famílias a uma participação ativa na comunidade paroquial. Temos encontros de catequistas com as mães, durante os dois anos de catequese. Incentivamos doações mensais (produtos de higiene e limpeza e alimentos) para a Comunidade Rainha da Paz, assim, os catequizandos desenvolvem a prática da caridade. Fazemos visitas e campanhas que auxiliam outras comunidades. Preparamos algumas ações com os catequizandos e suas mães, para verificar o interesse em participar da Perseverança. Exemplo: elaboração de um questionário sobre esta Pastoral, dias e horários mais interessantes para as famílias etc. Missão da Pastoral de 1ª Eucaristia: fazer um anúncio forte de Jesus Cristo Vivo, para que nossos catequizandos o recebam, não só a primeira vez, mas que seja o primeiro de muitos encontros com Cristo!

Catequese Perseverança

A Perseverança é uma catequese para crianças que já receberam o Sacramento da Primeira Eucaristia. Esta catequese não tem Sacramento como fim e é um importante elo entre a Crisma e a Eucaristia. É na Perseverança que está o grande desafio de fazer com que as crianças permaneçam na Igreja e firmes na fé católica.
Na Perseverança, os adolescentes são convidados a assumir compromissos e responsabilidades dentro da Igreja. É nesta turma que eles devem sair do papel de expectadores para serem protagonistas na evangelização. Sentindo-se corresponsáveis, os adolescentes abraçam novos desafios e percebem que faz sentido prosseguir, perseverar.
Em nossa paróquia, os perseverantes realizam um encarte para o jornal Caminho, cheio de informações e testemunhos importantes para a fé católica. Você pode fazer o download do encarte Perseverança aqui mesmo no site.

Crisma

Objetivo:
Evangelizar os jovens, conscientizando-os para o voluntariado na comunidade. A Crisma tem como objetivo proporcionar aos crismandos momentos de vivência e reflexão, para que possam ser “confirmados” na fé cristã. Nosso foco é despertar nos jovens crismandos o espírito de solidariedade, fazendo com que se integre e participe de alguma Pastoral.

Estratégia:
Conhecimento e participação em alguma Pastoral, como forma de estágio; criação de grupos que se revezam no auxílio à celebração da Eucaristia; promoção de palestras e encontros de testemunhos da fé; visitas a asilos, orfanatos e outras entidades; envolvimento dos jovens na campanha do agasalho e outras doações; promoção do momento do livro, com a feira anual do livro; exibição de filmes; encontros pós-crisma.

Acólitos (coroinhas)

Objetivo:
Formar o grupo de pequenos acólitos da paróquia Bom Pastor, despertando em crianças de 8 a 12 anos o desejo de servir a Deus, por meio de serviços do altar e auxílio ao Padre, Diácono e Bispo nas celebrações Eucarísticas.

Estratégia:
Encontros para a formação de novos acólitos, semanalmente, em um período de dois meses, e posterior investidura dos acólitos. Encontros mensais com todo o grupo de coroinhas para integração, confraternização, esclarecimento de dúvidas e meditação sobre a importância de servir a Deus. Elaboração de escala mensal para participação dos acólitos nas missas dominicais e solenidades.

Grupo de Jovens Escalada

Objetivo:
O Escalada Alphaville é um grupo formado por jovens unidos pela fé, que procura assegurar a formação cristã à juventude. Para isso, são realizados encontros semanais nos quais são propostas atividades, como reflexões, debates, orações e trabalhos voluntários.

Estratégia:
O Escalada Alphaville é, sobretudo, uma oportunidade para aqueles jovens (acima dos 14 anos de idade) que querem dar continuidade ao desenvolvimento e aprofundamento da fé cristã. O objetivo do Escalada Alphaville é a evangelização de jovens por meio de outros jovens. Há a intenção de convocar a juventude a participar ativamente da Igreja Católica, numa tentativa de “ser pessoa em clima de oração”. Além das atividades realizadas na Paróquia, os integrantes do grupo de jovens Escalada Alphaville podem ser convidados a participar do Encontro Escalada de São Paulo - um retiro que acontece anualmente durante um fim de semana de setembro e conta com a presença de jovens de outras regiões do Estado.

Curso de Noivos

Objetivo:
No plano de Deus, a salvação da pessoa e da sociedade está estreitamente ligada ao bem-estar da comunidade dos casais e familiar. Dessa maneira, do ato humano pelo qual os cônjuges se doam e recebem mutuamente, forma-se uma instituição criada por uma ordenação divina: o matrimonio. A família constitui um complexo de relações interpessoais – vida conjugal, paternidade e maternidade, filiação, fraternidade – mediante as quais cada pessoa é introduzida na “família humana” e na “família de Deus”, que é a Igreja. Assim, a partir do amor entre o homem e a mulher, passa a existir um dinamismo interior e incessante, que, com a graça de Deus, deve conduzir o casal para um Amor mais profundo e intenso, que é a busca da Santificação.

Introduzir os casais de noivos - através de um grupo de preparação constituído por casais que vivem o Sacramento do Matrimônio - na vida conjugal cristã, levando-os a perceber a comunhão verdadeira e a possibilidade de unirem-se na busca dos mesmos objetivos. Apoiar os casais a tomar consciência da importância do casamento, do projeto de vida a dois, e de continuamente redescobrirem a graça do Sacramento. Apresentar a Igreja, Mãe e Mestra, comunidade viva onde casal deve participar e pertencer, para crescer durante as diversas etapas naturais de suas vidas, e onde sempre encontrará os Sacramentos que comunicam a graça santificante.

Estratégia:
A preparação dos noivos inscreve-se no contexto de um processo de evangelização. Os noivos são, por isso, convidados a compreender o que significa o amor responsável e maduro de uma comunidade de vida e de amor, reunida numa igreja doméstica, que contribuirá para enriquecer toda a Igreja. O Encontro de Noivos é uma primeira etapa, onde casais serão motivados e despertados para a vida em comunidade, para o diálogo, a partilha, a co-participação, a leitura da Palavra. Os Encontros são oferecidos quatro vezes ao ano, e fazem parte do calendário da Diocese, uma vez que podemos e devemos receber casais de paróquias que ainda não conseguiram organizar seus próprios encontros.

Catequese de adultos

Objetivo:
Preparar adultos que não tenham recebido os Sacramentos do Batismo, Primeira Comunhão ou Crisma, para administração dos três Sacramentos e, assim, contribuir para o crescimento dos cristãos adultos na fé, rumo à maturidade com Cristo. Que saibam dar a razão da própria esperança, para serem agentes de transformação no processo da construção de uma sociedade justa e solidária, até que Cristo seja tudo em todos. Adultos em geral, mesmo que tenham recebido os Sacramentos, também são bem-vindos.

Estratégia:
Encontros semanais aos sábados. Estudo, trabalhos e debates em grupo. Recursos audiovisuais com apresentação de vídeos.

Pastoral da Saúde

A Pastoral da Saúde é comprometida em defender, preservar, cuidar, promover e celebrar a vida (ou seja, saúde plena) de todo o povo de Deus, independente de quaisquer fatores de exclusão social, inclusive do credo. Esta pastoral atua em três dimensões: solidaria, comunitária e político-institucional. Além de atender à comunidade em suas demandas, promove ações junto aos órgãos públicos para melhorar o atendimento à população.

Pastoral da Liturgia - Leitores e Comentaristas

Objetivo:
Tornar possível à assembléia receber e celebrar a Palavra com a qual Deus fala aos seus fiéis. A Liturgia da Palavra é uma celebração e o verdadeiro leitor não lê, mas proclama a Palavra de Deus.

Estratégia:
Os ministros do leitorato se reúnem semanalmente para refletir sobre os textos que serão lidos durante as missas. A partir daí, o grupo discute qual o melhor comentário para ser apresentado antes das leituras bíblicas. O ministro da Palavra deve ser capaz de se tornar ouvinte daquilo que está lendo e transmitir à assembléia, instantaneamente, a emoção que esta Palavra trouxe ao seu coração. Com humildade e retidão, para que a Palavra do Senhor não seja apenas ouvida, mas escutada por todos.

Acolhida

Objetivo:
Receber os paroquianos nas diferentes celebrações, a fim de que eles se sintam acolhidos e tenham vontade de voltar, tornando-se, assim, membros da comunidade. Desta forma, conseguimos atingir nosso objetivo de evangelizar.

Estratégia:
Formar grupos que se revezam, são motivados e bem treinados para o adequado acolhimento dos fiéis. Realizar reuniões bimestrais da coordenação, para analisar os pontos que precisam de aprimoramento na acolhida. Efetuar convite para que mais membros da comunidade participem do grupo.

Ostiárias

Objetivo:
Atender o padre e o diácono na preparação para a celebração da Eucaristia; manter em ordem paramentos e todos os objetos litúrgicos; reparar tudo o que for necessário para as diversas celebrações litúrgicas; cuidar para que não faltem hóstias e tudo mais que for necessário para as celebrações; manter em ordem todo o ambiente da sacristia.

Estratégia:
Realização de reuniões periódicas, conforme as necessidades do tempo litúrgico; encontros de espiritualidade; encontros de atualização litúrgica e prática.

Ministros Extraordinários da Sagrada Comunhão Eucarística

Objetivo:
Auxiliar o pároco e o Diácono na distribuição da Sagrada Comunhão, durante as celebrações. Manter a espiritualidade missionária, bem como o desempenho da função em níveis adequados. Levar aos doentes e idosos de nossa comunidade o conforto da Palavra e da Sagrada Comunhão.

Estratégia:
Realização de reuniões mensais, encontros de espiritualidade, atualização litúrgica e prática.

Salmistas

Objetivo:
Evangelização por meio do canto. Ajudar a caracterizar os momentos litúrgicos durante a celebração: louvor, súplica, oferta, Comunhão. Ajudar a celebração, com ênfase no sentido da Palavra. Ajudar a situar a comunidade nos tempos litúrgicos e suas respectivas solenidades. Tornar a assembléia efetivamente participante, agindo como facilitadores para que ela ore cantando. Auxiliar a celebração dos Sacramentos, como Crisma e Batismo, de forma a intensificar o mistério celebrado. Auxiliar na celebração das missas de Nossa Senhora e dos Santos da Igreja. Promover a integração dos diversos grupos de salmistas da paróquia.

Estratégia:
Escolher músicas adequadas ao tempo litúrgico, suas solenidades, celebrações dos Sacramentos e celebrações festivas. Realizar ensaios periodicamente. Fornecer o material necessário aos grupos, com tempo hábil para preparação adequada. Participar de cursos de orientação sobre o canto litúrgico. Elaborar calendário para que os grupos se organizem na participação às missas. Realizar reuniões para avaliação do trabalho. Incentivar a participação da comunidade nos ensaios que antecedem as missas.

Casais de Segunda união Estável

Objetivo:
Acolhida, evangelização, inserção do casal que está em segunda união estável e da família na vida da comunidade Bom Pastor

Estratégia:
Reuniões mensais

Horários de Missas:

Terça a sexta-feira, 19h | Sábado, 18h | Domingo, 9h, 11h e 18h.

 

Av. Bom Pastor, 500 | Alphaville - Santana de Parnaíba - SP

Contato: (11) 4153.1114  |  bompastor@interair.com.br

 

Secretaria:

Terça a sexta-feira, 14h às 18h | sábado: 8:30h às 12h