Unção dos enfermos

A unção dos enfermos é um rito cristão dedicado aos enfermos, realizado com óleo.

Também chamada de último sacramento ou Santa Unção é um dos sete sacramentos do catolicismo, normalmente o último que se recebe em vida. Normalmente, administra-se este sacramento aos enfermos e àqueles que estejam em risco de morte. Este sacramento era conhecido como extrema unção, pois era administrado in articulo mortis (a ponto de morrer).

Diz o Compêndio do Catecismo da Igreja Católica [1] que "A compaixão de Jesus pelos doentes e as numerosas curas de enfermos são um claro sinal de que, com Ele, chegou o Reino de Deus e a vitória sobre o pecado, o sofrimento e a morte. Com a sua paixão e morte, Ele dá um novo sentido ao sofrimento, o qual, se unido ao seu, pode ser meio de purificação e de salvação para nós e para os outros." (n. 314) e "A Igreja, tendo recebido do Senhor a ordem de curar os enfermos, procura pô-la em prática com os cuidados para com os doentes, acompanhados da oração de intercessão. Ela possui sobretudo um sacramento específico em favor dos enfermos, instituído pelo próprio Cristo e atestado por São Tiago: «Quem está doente, chame a si os presbíteros da Igreja e orem por ele, depois de o ter ungido com óleo no nome do Senhor» (Tg 5,14-15)." (n. 315).

 

Assim o refere o Catecismo da Igreja Católica:

1514. - A Unção dos Enfermos "não é sacramento só dos que estão no fim da vida. É certamente tempo oportuno para a receber quando o fiel começa, por doença ou por velhice, a estar em perigo de morte"(SC 73).

Horários de Missas:

Segunda-feira às 7h | Terça a sexta-feira, 19h | Sábado, 18h | Domingo, 9h, 11h e 18h.

 

Av. Bom Pastor, 500 | Alphaville - Santana de Parnaíba - SP

Contato: (11) 4153.1114  |  bompastor@interair.com.br

 

Secretaria:

Terça a sexta-feira, 14h às 18h | sábado: 8:30h às 12h